top of page
  • Foto do escritorMoreira & Mahle

Capacitação de Jovens em Parceria com o Setor Privado: Estratégias de Impacto Social para Empresas



O ano de 2023, marcado por desafios persistentes derivados da pandemia e contingenciamento de políticas sociais, testou a resiliência do terceiro setor no Brasil. No entanto, em meio a essas adversidades, o Espro, uma entidade filantrópica com 44 anos de história, destacou-se ao alcançar níveis recordes de impacto social, especialmente em parceria com o setor privado.

 

Cenário Desafiador Superando Obstáculos

 


O contexto econômico incerto trouxe dificuldades para muitas organizações filantrópicas no país, impedindo o desenvolvimento pleno de projetos voltados para o impacto social. No entanto, o Espro, fundado pelo Rotary Club há quatro décadas, adotou uma abordagem inovadora para capacitar jovens e integrá-los ao mercado de trabalho, superando as oscilações no mercado de serviços e varejo.

 

Resultados Expressivos em Capacitação e Inserção Profissional

 

O programa principal do Espro, dedicado à formação e inserção de jovens de 14 a 24 anos no mercado de trabalho, atingiu um marco significativo ao encerrar o ano com 17 mil aprendizes ativos em empresas parceiras. O número total de jovens capacitados ultrapassou a marca impressionante de 30 mil, representando o ápice em 44 anos de atividade da organização.

 

Além disso, o programa de estágio, iniciado em 2021, experimentou um crescimento notável, com um aumento de 60% no número de jovens encaminhados para oportunidades de estágio.

 

Parcerias ESG como Motor do Crescimento

 

Um dos diferenciais do sucesso do Espro em meio aos desafios recentes é a ênfase nas práticas de Sustentabilidade, Governança Corporativa e Responsabilidade Social, conhecidas como ESG (Environmental, Social and Governance). A entidade estabeleceu parcerias estratégicas com o setor privado, alinhando objetivos sociais com metas empresariais, o que resultou em uma sinergia poderosa para o crescimento da capacitação de jovens.

 

Como Empresas Podem Adotar Estratégias Semelhantes

 

Para empresários e empresas interessados em replicar esse sucesso, a adoção de práticas ESG pode ser um passo crucial. Estabelecer parcerias sólidas com organizações filantrópicas, como o Espro, pode criar oportunidades valiosas para capacitar jovens talentos enquanto contribui para a construção de uma sociedade mais inclusiva.

 

Outras estratégias incluem a criação de programas internos de estágio e aprendizagem, promovendo a integração efetiva de jovens no ambiente corporativo. Além disso, o investimento contínuo em iniciativas sociais pode não apenas fortalecer a imagem da empresa, mas também gerar um impacto duradouro na comunidade.

 

Conclusão: Impacto Social como Vetor de Desenvolvimento Empresarial

 

O caso de sucesso do Espro destaca a importância da colaboração entre o setor privado e organizações filantrópicas na promoção de impacto social. Empresas que incorporam essas práticas não apenas cumprem seu papel social, mas também impulsionam o desenvolvimento sustentável, criando um ciclo virtuoso que beneficia tanto a sociedade quanto o ambiente de negócios.

 

Em um cenário empresarial que valoriza a responsabilidade social e a sustentabilidade, a adoção de estratégias semelhantes pode não apenas fortalecer a posição de uma empresa no mercado, mas também contribuir para a construção de um futuro mais promissor para os jovens e a sociedade como um todo.

Commentaires


bottom of page