top of page
  • Foto do escritorMoreira & Mahle

Benfeitorias e acessões em contratos de locação imobiliária



Em recente decisão, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu um precedente significativo para empresários do ramo imobiliário, destacando a importância de distinguir entre benfeitorias e acessões em contratos de locação. O entendimento do colegiado ressalta que a cláusula que prevê renúncia à indenização por benfeitorias não se estende automaticamente às acessões, oferecendo uma visão mais detalhada sobre os direitos e responsabilidades das partes envolvidas.

 

Empresários do ramo imobiliário estão constantemente envolvidos em transações complexas que envolvem contratos de locação e aprimoramento de propriedades. Por isso a importância de compreender as nuances legais relacionadas a benfeitorias e acessões, oferecendo insights valiosos para orientar as práticas comerciais neste setor dinâmico.

 

Distinguir Benfeitorias de Acessões: O Ponto-Chave

 

Enquanto a benfeitoria se refere a melhorias acessórias realizadas em uma propriedade já existente, a acessão envolve a aquisição do direito de propriedade sobre acréscimos feitos no imóvel. Esta distinção torna-se vital ao negociar contratos de locação, pois o tratamento legal e as implicações financeiras podem variar significativamente.

 

Renúncia à Indenização e suas Limitações

 

As cláusulas contratuais que prevêem a renúncia à indenização por benfeitorias não podem ser automaticamente estendidas à acessão. Empresários do setor imobiliário devem estar cientes de que as negociações contratuais devem abordar cada elemento de forma específica, considerando o investimento, as melhorias e os acréscimos feitos na propriedade.

 

A Importância da Boa-Fé e Responsabilidade Contratual

 

Para celebrar um negócio Jurídico eficaz, deve haver responsabilidade contratual por parte da locadora, pois a ausência de regularização por parte da locadora, pode incidir em indenização, acaso o locatário venha sofrer prejuízos ou enfrentar desafios,  diante de agir de boa fé e realizar benfeitorias substanciais na propriedade alugada.

 

Aconselhamento Jurídico Especializado: Um Investimento Essencial

 

Diante dessas nuances legais, é imperativo que empresários do ramo imobiliário busquem aconselhamento jurídico especializado ao elaborar contratos de locação. Profissionais legais podem fornecer orientação estratégica para garantir que as cláusulas contratuais sejam claras, abrangentes e justas para ambas as partes envolvidas.

Comments


bottom of page